Alerj

Teatro de Bolso em Campos, RJ, é reaberto ao público após revitalização

Por Anderson Coutinho em 27/06/2022 às 15:35:09

Cerimônia aconteceu neste domingo (26) e contou com a presença de autoridades e com apresentações de música, dança e leitura dramatizada. Espaço ganhou novos equipamentos em sua caixa cênica. Teatro de Bolso em Campos, RJ, é reaberto após revitalização.

Antônio Filho/ Prefeitura

O Teatro de Bolso Procópio Ferreira em Campos, no Norte Fluminense, é reaberto a população neste domingo (26) após revitalização. Cerimônia contou com a presença de autoridades e com apresentações de música, dança e leitura dramatizada. Espaço ganhou novos equipamentos em sua caixa cênica por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Sececrj).

Durante a reinauguração, diversos artistas e grupos realizaram apresentações. Antes da cerimônia realizada na porta do imóvel, o cantor Marcello Miranda se apresentou, seguido de Juninho Razão e a bateria da Escola de Samba Madureira do Turf. No foyer do Teatro de Bolso, a recepção do público foi feita pelos saxofonistas, Kall Lima e Edilson Cruz.

No palco, a primeira apresentação foi feita por alunos do Curso Livre de Teatro da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), com a leitura dramatizada de duas cenas de “A Aurora da Minha Vida”, de Naum Alves de Souza”. Em seguida, alunos do Projeto Dançarte, também oferecido gratuitamente pela FCJOL, exibiram uma performance. As bailarinas do Centro de Artes Madeleine Rosay, Maria Klara, Delisier de Moraes, Eduarda Coitinho e Eduarda Duarte, apresentaram solos, encerrando as performances de palco.

O grupo Toque Caipira encerrou as apresentações, no mezanino do foyer, na saída do público, após o bonito reencontro da plateia e dos artistas, na casa do artista local.

erimônia aconteceu neste domingo (26) e contou com a presença de autoridades e com apresentações de música, dança e leitura dramatizada.

Prefeitura

No evento, foi realizada a assinatura do Termo de Parceria ente da Prefeitura, a FCJOL e a Sececrj, para o início das obras do Auditório Amaro Prata Tavares e sala multiuso com cinema, no Palácio da Cultura. Na ocasião, fazedores de cultura contemplados em editais da Sececrj e da FCJOL, foram convidados a subir ao palco, para participar do ato.

O projeto da reforma vem sendo elaborado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), por meio do Programa de Acesso à Arte e Gestão Cultural (PAAGC), fruto de uma parceria com a Sececrj.

Fonte: G1

Comunicar erro
Anuncie aqui